Para Ortodontistas


Sobre o BBO


Público em Geral



Passos para Certificação

As inscrições para o Exame de certificação do Board Brasileiro de Ortodontia e Ortopedia Facial (BBO) estão permanentemente abertas. Após sua inscrição, os ortodontistas interessados em receber o diploma do BBO devem se submeter ao exame, que consta de duas fases, e ocorre periodicamente. Só será considerado Diplomado pelo BBO o candidato aprovado nas duas fases do exame.

INSCRIÇÃO

Somente poderá realizar inscrição, o profissional que esteja registrado como especialista em Ortodontia junto ao CFO/CRO e seja sócio da ABOR, e alunos do último ano de cursos de Pós-graduação em Ortodontia reconhecidos pelo CFO.

O processo de inscrição é online e, após o preenchimento da Ficha de Inscrição, o interessado deverá anexar a documentação abaixo descrita. Somente após o envio de toda a documentação exigida, é que a inscrição estará finalizada. Os candidatos receberão por email a confirmação de sua inscrição. Documentos exigidos, que devem ser digitalizados:

  1. Cédula de Identidade (RG ou Habilitação)
  2. Documento contendo o número do CPF
  3. Fotografia 3x4 recente
  4. Cópia do certificado de especialista em Ortodontia registrado junto ao CFO/CRO
  5. Comprovante de sócio da ABOR (por intermédio da associação estadual), para especialistas em Ortodontia
  6. Declaração do Coordenador do Curso de Pós-graduação em Ortodontia, para alunos

FASE I – AVALIAÇÃO ESCRITA

A Fase I consiste na avaliação de casos apresentados pelo BBO. Sobre estes casos, são feitos questionamentos objetivos e subjetivos, envolvendo as diversas etapas do tratamento ortodôntico, incluindo diagnóstico, planejamento e condução do tratamento. Os candidatos aprovados na Fase I têm até dez anos para se submeterem à Fase II.

FASE II – AVALIAÇÃO CLÍNICA

A Fase II consiste na apresentação de seis casos tratados pelo candidato. O candidato que ainda não possuir os casos exigidos para a Fase II poderá prestar apenas a Fase I. Documentos exigidos, que devem ser digitalizados:

1) Declaração do candidato afirmando que os casos a serem apresentados na Fase II foram tratados exclusivamente pelo mesmo, devidamente assinada. - Candidato com vínculo acadêmico somente poderá utilizar casos clínicos do curso ao qual estiver vinculado, desde que os casos tenham sido tratados ou orientados exclusivamente por ele, e observados os seguintes ítens: a) Ter contrato de trabalho em regime de dedicação exclusiva b) Não atuar em clínica privada c) Apresentar casos finalizados nos últimos três anos prévios ao exame

2) Termo de Compromisso lido e assinado.

Atenção: O candidato pode se inscrever para fazer as Fases I e II na mesma época. Nesse caso, deve se inscrever primeiro na Fase I e, em seguida, será disponibilizada a inscrição para a Fase II.

A Declaração do Candidato e o Termo de Compromisso, serão gerados automaticamente no ato da inscrição sendo necessário ler, assinar e depois anexa-lo junto a inscrição.

RECERTIFICAÇÃO

Depois de obtida a certificação, o candidato deverá, a cada seis anos, apresentar um novo caso clínico para ser avaliado pela Diretoria do BBO. Sendo aprovado, manter-se-á com o título de Diplomado pelo Board Brasileiro de Ortodontia e Ortopedia Facial, atestado por Diploma atualizado.

© 2014 - Todos os direitos reservados - BBO